Open and close menu

Grávida pode dirigir? Cuidados no Volante

29.07.2022 |

A gravidez é um momento especial na vida de qualquer mulher, a qual requer bastante cuidado. Dentro desse contexto, é possível que você se pergunte se grávida pode dirigir. Afinal de contas, de uma certa forma, a mulher fica um tanto suscetível e com movimentos reduzidos.

Fora isso, os cuidados com o bebê já se iniciam logo no pré-natal. Por isso, é importante fazer tudo com o máximo cuidado, a fim de evitar qualquer problema para o seu bebê. Então, será que grávida pode dirigir?

Se sim, quais são os cuidados que se deve ter? Essas são as dúvidas mais comuns. Se você quer saber mais sobre esse assunto, é só continuar nesse artigo.

Mulher grávida pode dirigir?

Para falar desse assunto, é preciso consultar as leis brasileiras de trânsito. Mas, quanto a esse assunto, a verdade é que não há qualquer lei sobre essa situação em específico.

Ou seja, dirigir na gravidez não é algo que vá ao contrário de alguma lei ou algo do tipo. Entretanto, isso também não quer dizer que você pode fazer isso de forma deliberada.

O ideal é sempre consultar o seu médico, para que ele dê todas as recomendações adequadas, à medida que a gestação avança.

Tudo isso é essencial para garantir não só a saúde do bebê, mas também da mãe. A realidade é que nem sempre a mulher pode abrir mão da direção.

Afinal de contas, para muitas, essa pode ser uma forma de trabalho ou para se deslocar até o ambiente em que se trabalha.

Em vista disso, é comum querer saber se a gestante pode dirigir. No entanto, é preciso entender algumas questões que se relacionam com o tema.

Até quando grávida pode dirigir? 

Certo, você já sabe que é possível sim dirigir grávida, mas será que isso perdura por toda a gestação? Na verdade, não.

De fato não existe nenhuma determinação legal, mas o recomendado é que a mulher pare de dirigir no oitavo mês da gravidez, mesmo porque é quando os movimentos se tornam ainda mais limitados.

No entanto, no caso de gravidez de risco, onde os cuidados devem ser redobrados, o ideal é que a mulher não faça muito esforço. Se esse for o caso, o médico deverá lhe orientar melhor a partir de que mês é melhor para de dirigir.

Cuidados que a grávida deve ter ao dirigir

Como você já notou, direção e gravidez são coisas que podem sim andar juntas, desde que haja algumas precauções.

Então, além de respeitar o tempo recomendado para dirigir na gravidez, também é interessante ter alguns outros cuidados. Dentre eles, podemos citar os seguintes:

Uso do cinto de segurança

O cinto de segurança é algo obrigatório para todas as pessoas, passível de multa. Isso serve para todos, inclusive para as mães.

Mas, além do uso obrigatório, é bom saber a forma correta de usar. O recomendado é o cinto de três pontos, que atravessa o tronco e a cintura.

No entanto, é ideal posicioná-lo de forma com que não pressione o útero no caso de impacto. Ou seja, procure posicionar a faixa inferior abaixo da barriga e a faixa diagonal entre as mamas, sem que ele passe por cima do útero.

Isso vai evitar com que a mãe sofra de lesão uterina no caso de impacto. O cinto de dois pontos, por sua vez, não é ideal.

Afinal de contas, ele não impede o deslocamento do tronco no caso de o veículo sofrer algum impacto. Nesse caso, pode gerar não só a lesão uterina, como também o rompimento da placenta.

Ajustes no banco do motorista

Um dos cuidados no volante para grávidas se refere a posição correta do banco do motorista. Sempre que sentar no banco, regule o banco para que ele fique a uma distância mínima de 15 cm do volante.

Isso é importante para evitar freada brusca na gravidez e o consequente impacto da barriga no volante do veículo.

Agora, nos carros que possuem airbag, a distância deve ser um pouco maior, mas sem que prejudique o acesso aos pedais do veículo.

Permanência no volante

No caso de você ter que passar muitas horas no volante, o ideal é fazer pausas frequentes, em especial nos casos de já estar no estágio final.

Essa é uma recomendação que todos deveriam fazer, até para evitar fadiga extrema. Se for possível evite fazer viagens muito longas no final da gestação ou peça para outra pessoa dirigir.

Mas, se a viagem for necessária e inadiável, as pausas são vitais para evitar má circulação sanguínea, câimbras e inchaços.

Tente parar a cada hora para poder caminhar um pouco e manter a boa circulação. Evite ficar muito tempo sem comer e procure não dirigir em dias muito quentes.

O que fazer em caso de acidente?

Dirigir na gravidez não é algo proibido, mas é sempre bom manter cuidado para evitar qualquer problema e manter a gestação saudável. Mas se porventura ocorrer um acidente, o que fazer?

Em acidentes de baixo impacto, vá direto ao médico para saber se está tudo bem com a gestação.

Também é sempre interessante manter o contato com o médico e familiares, para poder entrar em contato no caso de acontecer algo um pouco mais grave.

Todos os cuidados devem se tornar ainda mais rígidos nos meses finais da gravidez, já que é quando a mulher sente mais efeitos hormonais.

Por isso, nunca se esqueça de viajar com o cartão pré-natal. Caso sinta contração, dores ou qualquer outra coisa, pare imediatamente e procure por alguma ajuda. Grávida pode sim dirigir, mas mantenha todos os cuidados para evitar qualquer problema maior.

E passando o susto, procure sua corretora de seguro de automóveis por exemplo, evitar maiores dores de cabeça com relação aos danos do seu carro no acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

]

Sobre a Giovanibruno Seguros

Desde 1993, zelamos pelo patrimônio dos clientes com seguros empresariais e residenciais, além da consultoria em gerenciamento de riscos.

Faça já um orçamento

Quer receber nossos conteúdos e informações exclusivas no seu e-mail? Assine nossa newsletter.

Gerenciamento de Riscos

O primeiro passo para uma proteção eficaz.

Saiba mais

Seguros Empresariais

Diversas maneiras de proteger seu patrimônio.

Saiba mais

Seguros Pessoais

Garantir o futuro é dormir tranquilo todos os dias.

Saiba mais

Oportunidade

Você, Corretor ou Produtor de Seguros, venha trabalhar conosco!

Fale Conosco